Porque correr seguindo uma planilha de treino

A corrida está cada vez mais difundida pelo Brasil. Vemos pessoas de todas as idades e com os mais variados objetivos treinando nas ruas e parques das cidades. Alguns correm diariamente repetindo o mesmo treino e outros só treinam quando a consciência pesa.

Muitos já procuram orientação de um profissional para fazer a gestão de seu treinamento e começam a seguir uma planilha periodizada. Mas qual a diferença de se fazer isso?

Primeiramente os dois extremos, o atleta que segue uma planilha não tem seu treino estagnado e não cai numa rotina de treino, a grande maioria. E também não peca pelo excesso, o que reduz consideravelmente os riscos de lesões decorrentes do treinamento.

Isso ocorre porque a planilha, além de ser individualizada, leva em consideração vários cálculos de progressão de treino, como volume, intensidade, carga e densidade. Ou seja, as distâncias, velocidades e intervalos de descanso são variáves, conforme algumas regras dos princípios do treinamento desportivo.

Considero como maior diferencial de se treinar seguindo uma planilha a questão motivacional. Isso porque os treinos são planejados e traçamos metas a curto, médio e longo prazos. O ideal é traçar uma meta arrojada e desafiadora a longo prazo e junto dela, outras metas de curto e médio prazos como etapas do objetivo principal

.: Eduardo Cury é especializado em cinesiologia e fisiologia do exercício.

.: Atua como personal trainer, Clube de Corrida, treinamento funcional eassessoria empresarial de ergonomia e ginástica laboral.

.: É palestrante sobre atividade física, saúde e qualidade de vida.

contato@eduardocury.com.br
www.eduardocury.com.br

This article has 1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *